VALE À PENA VER DE NOVO!

Jornal Não Pode Rir! #64 - com @mRossiJr @EstevamNabote @MarcosCastro e @LucianaDaulizio

E O DIA MAIS ESPERADO DO ANO FINALMENTE CHEGOU! \o/ O convidado da vez é, nada mais, nada menos, que meu irmão carioca, Marcos Rossi , o hom...

quinta-feira, 18 de março de 2021

DOSSIÊ @TITASoficial - As Músicas do Lado B (parte 3)




O álbum de hoje é o primeiro lançado após a saída de Arnaldo Antunes da banda, e marca o retorno do grupo ao estilo hard rock.

Titanomaquia (1993)


Faixa 05 – Estados Alterados da Mente

Esta é uma música que fala basicamente sobre tudo aquilo que acomete o ser humano a nível psicológico, mas que na época era facilmente considerado “frescura” pela sociedade. Mais uma canção extremamente atual que mostra o lado “a frente do seu tempo” da banda.


Faixa 06 – Agonizando

Outra música que junta estrofes curtas “desconexas” com um ritmo frenético, pra passar a ideia de como o ser humano costuma viver a vida, e como esse estilo cobra seu preço. E dentre essas estrofes tem bastante coisa relacionada à sexo, só pra você ficar ciente.


Faixa 07 – De Olhos Fechados

Temos agora uma música curta, acelerada e com letra bem simples, com uma proposta que antagoniza com a ideia da faixa anterior. Enquanto tem gente que vive a vida de maneira mais ativa, outros preferem passar o tempo no campo das ideias, refletindo e tentando entender os outros e o mundo à sua volta.


Faixa 08 – Fazer O Quê?

O começo dessa música parece estranho, mas logo você percebe o porquê. Aqui temos uma visão de mundo compartilhada por muitas pessoas: o fim justifica os meios. O que importa é chegar no objetivo, e dane-se o caminho até lá. Quem se importa?


Faixa 10 – Felizes São Os Peixes

Já aqui temos uma canção mais curta que retrata brevemente a linha de raciocínio de pessoas apáticas, que optam por ver suas vidas passarem e não fazem nada a respeito, apenas deixando-se levar. Como peixes na correnteza.


Faixa 13 – Taxidermia

Essa é outra das minhas músicas favoritas. O comecinho engana bastante pela calmaria, mas logo você toma uma porrada. A letra faz um paralelo entre a busca incansável pela perfeição – e suas consequências, como a fama – e os animais empalhados – que estão mortos por dentro, mas têm sua beleza exposta e eternizada.

Parte 4 em breve.

0 Pitacos:

Postar um comentário

Gostou do post? Então não custa nada compartilhar nas redes sociais, né? Dá essa força aí pra gente, fera! ;)

Me Add lá na PSN!